Bruno Mazzeo sobre polêmicas: “Às vezes me arrependo e às vezes não” | Ofuxico

Bruno Mazzeo sobre polêmicas: “Às vezes me arrependo e às vezes não” | Ofuxico.

Apesar disso, Bruno garante que em algumas ocasiões se arrepende do que fala, como por exemplo no caso em que disse que Ultraje a RIgor não era ninguém. O ator contou que na mesma hora que escreveu se arrependeu e ligou para Roger, vocalista da banda, para se desculpar.

“Ás vezes me arrependo de algumas coisas que digo, outras não. Com o Roger, por exemplo, isso foi uma das coisas que me arrependi. Tanto que liguei pra ele na hora para esclarecer”, confessou.

Lobão “bombardeia” a MPB e o rock brasileiro dos anos 80 – Cifra Club News

Sobre o rock brasileiro, Lobão salvou alguns poucos nomes. “As pessoas acham que o rock nasceu nessa década. Na boa, da minha geração só se salvam Roger, Renato Russo, Cazuza, Júlio Barroso e Edgard Scandurra. O resto era um bando de bundão imitando o U2, o Joy Division e o The Police. Uma década de cópias”, sentenciou.

via Lobão “bombardeia” a MPB e o rock brasileiro dos anos 80 – Cifra Club News.

F5 – Colunistas – Tony Goes – A encruzilhada de Bruno Mazzeo: popular ou arrogante? – 18/07/2012

O público gosta dele, mas sua popularidade não se repete entre seus colegas. Bruno criticou Rafinha Bastos numa entrevista a um jornal carioca e sofreu um contra-ataque brutal de Danilo Gentili durante um “Agora É Tarde” (Band) da semana passada, onde foi acusado de ser ladrão de piadas.

Retrucou pela tangente: implicou com Roger Moreira, o ex-líder do Ultraje a Rigor e hoje músico do talk-show de Gentili. Levou um troco à altura e acabou tendo que se desculpar.

Mas nem por isto sossegou: entrou numa discussão boba com um “paparazzo” pelo Facebook e ainda soltou que só tem gente burra no Twitter. Queria atingir seus desafetos tuiteiros, mas acabou xingando boa parte de seus fãs.

via F5 – Colunistas – Tony Goes – A encruzilhada de Bruno Mazzeo: popular ou arrogante? – 18/07/2012.