“The Noite” imita traje de férias de Silvio Santos no Troféu Imprensa – 27/02/2018 – UOL TV e Famosos

28 02 2018

Nos bastidores, Gentili revelou de quem foi a ideia de usar o traje. “Foi da mulher do Roger. Demos risada quando ele contou e fizemos”, explicou.

via “The Noite” imita traje de férias de Silvio Santos no Troféu Imprensa – 27/02/2018 – UOL TV e Famosos





Elenco do “The Noite” se veste de “Silvio Santos de férias” para o “Troféu Imprensa”

28 02 2018

via Elenco do “The Noite” se veste de “Silvio Santos de férias” para o “Troféu Imprensa”

O humorista, Juliana Oliveira, Roger (vocalista do Ultraje a Rigor), Diguinho Coruja, Murilo Couto e Léo Lins, entre outros integrantes, usaram um look imitando o famoso “traje de férias” do patrão.





‘Moda dos anos 1980 deixou legado de ousadia e irreverência’ – Jornal O Globo

23 02 2018

RIO – É melhor guardar as pochetes, ombreiras e tiaras do Dudu França em alguma gaveta dos anos 80. Mas se a moda hoje dá arrepios, vamos combinar que a década rotulada como fútil pelas gerações anteriores deixou um legado de criatividade, ousadia e irreverência. A anarquia da “TV Pirata” serviu de alicerce para a geração Porta dos Fundos, o pioneiro Falcon fez meninos chutarem o preconceito para brincar de boneco e o Ultraje a Rigor eternizou que a “gente não sabemos escolher presidente”.

via ‘Moda dos anos 1980 deixou legado de ousadia e irreverência’ – Jornal O Globo





BH ferve por Magal JORNAL O TEMPO

22 02 2018

O repertório ainda abriga “Entre Tapas e Beijos” (sucesso da dupla Leandro e Leonardo), “Roupa Prateada” (Zé Rodrix) e “Ciúme” (Ultraje a Rigor).

via BH ferve por Magal JORNAL O TEMPO





Caravanas de Chico, 32 anos atrasada

11 02 2018

O sucesso do rock nacional “Nós Vamos Invadir sua Praia”, da banda Ultraje a Rigor, lançado em 1985, ecoava esse encontro.

via Caravanas de Chico, 32 anos atrasada – 11/02/2018 – Samuel Pessôa – Folha





Ultraje a Rigor – IMDb

7 02 2018

via Ultraje a Rigor – IMDb





Obras do passado que não passam pelo crivo ético atual podem sofrer modificações? – Jornal O Globo

5 02 2018

diz

via Obras do passado que não passam pelo crivo ético atual podem sofrer modificações? – Jornal O Globo 

“— Sempre cito o Ultraje a Rigor. Detesto o Roger e suas opiniões, mas amo os discos. Li relatos de gente se dizendo decepcionada, mostrando capas de disco rasgadas e tudo. É uma escolha pessoal, se te ofende o suficiente, abandone e seja feliz. Mas cobrar isso dos outros é demais.”

Estranho. Porque o que eu penso é aquilo que eu escrevi. Mas admiro sua postura.