Alerta Total: A insuportável leveza do Judiciário

16 09 2018

Já Roger, do Ultraje a Rigor,
tenho certeza, acharia mais honesto que ele cantasse:

Morar nesse país
É como ter a mãe na zona
Você sabe que ela não presta
E ainda assim adora essa gatona
Não que eu tenha nada contra
Profissionais da cama

Mas são os
filhos dessa dama
Que você sabe como é que chama

Filha da puta
É tudo filho da puta.

via Alerta Total: A insuportável leveza do Judiciário





CIRCUITO GERAL : FILMES QUE EU VI – 43: “GUNG HO – FÁBRICA DE LOUCURAS”

16 09 2018

No campo da literatura, a Trilogia Sprawl de William Gibson traz cultura e economia mundiais marcadas pela dominância nipônica. E, no âmbito da música, temos a contribuição um tanto atrasada do Ultraje a Rigor, com seu não-hit de 1992, “Vamos Virar Japonês”. Pois é. É também desta fonte que “Gung Ho – Fábrica de Loucuras” bebe ao se propor enquanto uma comédia dramática retratando as dificuldades dos trabalhadores de uma fábrica de automóveis japonesa na Pensilvânia, ameaçada de fechar devido à baixa produtividade.

via CIRCUITO GERAL : FILMES QUE EU VI – 43: “GUNG HO – FÁBRICA DE LOUCURAS”





Ultraje A Rigor: 25 anos de “Ó!” – Blog Cultura & Futebol

16 09 2018

via Ultraje A Rigor: 25 anos de “Ó!” – Blog Cultura & Futebol