Ira! e Ultraje a Rigor no Rock in Rio de 2001, no Prime Video

30 12 2020

Ira! e Ultraje a Rigor em apresentação no Rock in Rio 2001
Ira! e Ultraje a Rigor em apresentação no Rock in Rio 2001 ./.

Duas das maiores bandas de rock oitentista brasileiro tocam lado a lado no Rock in Rio de 2001, rodeadas por um mar de gente inimaginável em tempos de Covid-19. Entre clássicos nacionais, como Envelheço na Cidade e Ciúme, e internacionais, como Should I Stay Or Should I Go, Ira! e Ultraje a Rigor entregaram uma noitada que, quase duas décadas depois, ainda é tão palpitante como no dia em que foi gravada.





Pateando piedras (O historias de lo que sí y lo que no es rock)

26 12 2020

Si hubiesen metido a Brasil, grandísimo referente para el rock en el continente, habrían arrasado. Pero “el hubiera” sólo existe en la conjugación verbal. Os Paralamas do Suceso, Ultraje A Rigor, Legião Urbana… Y un amplio etcétera.

Pateando piedras (O historias de lo que sí y lo que no es rock)





Art of Now Brazilian art under BolsonaroBBC radio

24 12 2020

Entrevista dada à BBC de Londres

https://www.bbc.co.uk/sounds/play/m00088mk





Entrevista à rádio Guaíba

19 12 2020

https://m.facebook.com/radioguaibaoficial/videos/804064037100295/

Minha parte começa aos 51 minutos.





Brasil, rei da soja: óleo sobe 94,41% no ano

9 12 2020

Nos anos 80, muito em função da campanha das “Diretas Já”, cuja emenda que restabeleceria o voto direto para presidente (que só veio em 1989, depois da Constituição de 1988) não passou no Congresso, em 1984, o conjunto “Ultraje a Rigor” cantava a música “Inútil” a plenos pulmões, acompanhado pela multidão: “A gente não sabemos escolher presidente; A gente não sabemos tomar conta da gente; A gente não sabemos nem escovar os dente; Tem gringo pensando que nóis é indigente”

Inútil!

A gente somos inútil

Inútil!

A gente somos inútil

Inútil!”

Bradava o refrão. Posso acrescentar agora:

A gente é o maior produtor e exportador de soja, mas não segura os preços do óleo.

Source: Brasil, rei da soja: óleo sobe 94,41% no ano





Governo Bolsonaro contrata empresa para espionar jornalistas e personalidades; confira a lista | RD1

4 12 2020

O governo federal, entenda-se o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), contratou uma empresa que classificou pelo menos 50 nomes conhecidos pelo público na TV, em jornais, revistas e internet como detratores do seu mandato. O relatório foi chamado de “Mapa de Influenciadores”.

Source: Governo Bolsonaro contrata empresa para espionar jornalistas e personalidades; confira a lista | RD1





Roger, do Ultraje a Rigor, aparece no time de “favoráveis” em relatório de influenciadores do governo Bolsonaro

4 12 2020

O músico e vocalista da icônica banda de Rock, Ultraje a Rigor, Roger Moreira, nunca escondeu de ninguém o seu apoio ao governo do presidente da

Source: Roger, do Ultraje a Rigor, aparece no time de “favoráveis” em relatório de influenciadores do governo Bolsonaro





Relatório do governo separa em grupos 81 jornalistas e influenciadores – 01/12/2020 – UOL Notícias

1 12 2020

Para “favoráveis”, relatório sugere “posts em conjunto” e lives

No grupo dos “favoráveis” estão Roger Rocha Moreira, Milton Neves (colunista do UOL), Rodrigo Constantino, Guilherme Fiuza, Winston Ling, Camila Abdo, Tomé Abduch, entre outros.No campo dos “favoráveis”, o relatório cita que o apresentador de rádio e TV Milton Neves, que tem 2,1 milhões de seguidores no Twitter, é “simpatizante do governo Bolsonaro, fez elogios ao ministro Paulo Guedes por conseguir injetar R$ 500 bilhões no Tesouro por meio de operação estruturada no câmbio. Em declaração, enfatizou desejo de que o ministro Paulo Guedes ficasse ao menos 15 anos trabalhando para o governo federal por seu conhecimento em economia”. O relatório sugere “envio de matéria e projetos do ME; propor parceria para divulgar ações da Pasta”.Guilherme Fiuza, que tem 634 mil seguidores no Twitter, é assim descrito: “Jornalista favorável ao governo, fez publicações de defesa ao governo e já se referiu ao ministro Paulo Guedes como ‘economista respeitado mundialmente e líder da agenda de reformas'”. O relatório aconselha várias medidas para aproveitar esse apoio de Fiuza: “Post em conjunto com o ME, live para tratar de temas da pasta (como novos números) e proposta de matérias sobre a pasta”.O comentarista Rodrigo Constantino é citado nesses termos: “Descreve o ministro Paulo Guedes como ‘economista liberal brilhante e patriota’. Liberal, o jornalista costuma destacar medidas de cunho positivo relacionadas ao ME. Na pandemia, defende que o governo e o ME estão trabalhando para a retomada econômica”. O relatório sugere “post em conjunto; live para tratar de temas atuais como a economia na pandemia e perspectivas posteriores; proposta de matéria sobre a Pasta”.

Source: Relatório do governo separa em grupos 81 jornalistas e influenciadores – 01/12/2020 – UOL Notícias