“Sexo híbrido, que tal?”

“♫ E é eleição, é inflação, corrupção e como tem ladrão/ e assassino e terrorista e a guerra espacial!/ Socorro!/ Eu quero sexo! Me dá sexo!/ Como é que eu fico sem sexo?/ Sexo! Me dá sexo! Me dá sexo!/ Eu quero sexo!” (Sexo, Ultraje a Rigor).

Se a letra da música acima fosse escrita hoje, provavelmente teria “pandemia” no lugar de “guerra espacial”.

Source: “Sexo híbrido, que tal?”