Opinião, por Helinho Saboya, sobre o verão: “A expressão ‘calor senegalês’ é um menosprezo ao clima atestado pelos termômetros do verão carioca” | Lu Lacerda | iG

Cadê a bossa nova para embalar as ondas? O bluetooth mixa funk com sofrência na cacofonia das party boxes. Os tatuís se enterram. O sol não se põe: foge envergonhado pelo rastro de latões de cerveja, garrafas pet e quentinhas de papel laminado. Há restos de yakisoba para todos os gostos. Saudades da vitrolinha, da farofa e da galinha cantadas pelo Ultraje a Rigor. Mais: do biscoito Globo e do mate Leão.

Source: Opinião, por Helinho Saboya, sobre o verão: “A expressão ‘calor senegalês’ é um menosprezo ao clima atestado pelos termômetros do verão carioca” | Lu Lacerda | iG

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s