Artistas e público reagem ao cancelamento de mostra sobre diversidade sexual

12 09 2017

O músico Roger Rocha (Ultraje a Rigor), por outro lado, acredita que não houve censura e critica o financiamento da exposição através da Lei de Incentivo à Cultura. “1°: A exposição do Santander não foi censurada. O banco a encerrou. 2°: O banco tem direito de expor aquela merda. Mas não com dinheiro público”, apontou nas redes. Em outro momento, o músico, tido como um dos pensadores da direita brasileira, compartilhou uma publicação defendendo agressão física às pessoas que protestam contra o cancelamento: “O ‘cara’ passa a infância reclamando que sofre bullying, pra depois vir com essa de ‘arte é provocação’, vocês deviam ter é apanhado mais”.

Source: Diario de Pernambuco


Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: